quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Sem adeus, tornou se um anjo.

Sonhei com teu semblante, estava tão lindo,
aquele seu sorriso acanhado, incomum.
Sonhei com a tua face junto a minha, ah e foi tão privilegiado aquele momento.
E acordei meu amor, acordei com aquela velha saudade, nostalgia.
È tão difícil acreditar que você se foi assim, e se foi sem mim meu amor, nem pude me despedir, porque tinha que ser assim?
Mais não amor, não se sinta culpado, a culpa não foi de ninguém; apenas não soubemos aproveitar cada momento juntos, apenas não nos dávamos tanta importância, apenas como maioria nos perdemos, e assim vimos nosso valor, o valor e falta do nosso amor.
Um dia agente se encontra, esteja você onde estiver, sei que ainda vou te ver, vou me privar dessa saudade de te ter, quando novamente estar contigo meu amor.
Te levo em meus pensamentos, enquanto este dia não chega, jamais amor meu se sinta sozinho, estou contigo todos os dias em coração, e juro que se pudesse teria contigo ido, mais não me apareceu o direito de escolher. Mas confia, pois anjo você se tornou, e logo estarei novamente contigo meu anjo, meu grande amor.

2 comentários:

Sabrina disse...

Adorei amiga

Danilo disse...

Acabei de perder um grande amor e você conseguiu escreve tudo o que estou sentindo.

Minha lista de blogs