domingo, 21 de março de 2010

Nuvem oculta


Não sabemos, nunca soubemos e talvez jamais iremos saber o porquê de sensações estranhas invadirem as nossas mentes sem nenhuma permissão, mas que roubava qualquer sanidade que pudesse existir em nossos seres. Eu nunca soube a razão de me sentir sufocada por coisas tão pequenas, você nunca soube a razão dessas coisas tão pequenas se tornarem tão grandes quando presas dentro de si mesmo, qual seria a razão de tanto desespero? Por mais que o esforço para descobrir pode se tornar vasto, não temos força para tal ato, porquê pensar sufoca mais, porquê a descoberta pode não existir, pode ser muito cruel e de alguma forma desumana. Na verdade nem sei se alguém pode querer saber o quê é se sentir assim, na verdade nem sei se eu gostaria de saber, essa descoberta poderia ser apenas mais uma dose pra cair no fundo da loucura que a cada dia penetra dentro de minhas veias. Não sei se acredito em alguma forma de salvação, aliás não sei se a desejo, pois cair em algum tipo de ' normalidade' poderia me custar muito mais caro, poderia me destruir muito mais rápido.

3 comentários:

Patrick disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrick disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrick disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Minha lista de blogs