sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Aquela Helena é inócuo

 
Helena não possui voz, nem rosto, é apenas um vulto em minha memória.
Houve o tempo em que ela era mais nítida, mas não tão bela e marcante como agora.
Recordo-me dela passar a mão entre os meus cabelos e fazer um cafuné de mansinho,
e nessa lembrança eu sinto este mansinho prazeroso, mas que no momento não senti.
Francamente tenho dúvida se vivi tudo o que lembro realmente ou se Helena é a
personagem mais bonita da minha cabeça, que não permite que eu a esqueça um minuto
que seja, e fica dando play para as imaginações mais alegres que me caiba assistir.

2 comentários:

Drika Gonçalves disse...

Que blog lindo çç
adooorei, vou voltar aqui sempre que puder! beeijos
http://sempredegloss.blogspot.com/

Flor de Maracujá disse...

Nice*
Podíamo-nos seguir uma a outra?!
Diz-me se me seguires e seguirei de volta (:
Beijinhos,
pequenaflordemaracuja.blogspot.pt

Minha lista de blogs