quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Romance no céu


Não há nada que me dê mais prazer do que te fazer sentir o mesmo. Com meu coração no teu peito o sinto bater aceleradamente, eu não sei o que acontece, mas lá me encontro, perdida no teu corpo eu consigo me encontrar. Neste momento estou sentindo uma imensa falta de passar os dedos pela tua face e ir tomando cada vez mais conhecimento de cada traço que possui. E nessa nossa época, com tantas coisas duras, inéditas e tristes, sinto um aperto no peito as vezes tão forte. E nestes momentos de maior angustia, fatalmente desaparecem se estou em teus braços, porque você me acolhe, me trata com tanto afeto, e coloca minhas mãos por entre as tuas ... depois me vira, olha em meus olhos e me abraça tão forte, que sinto de ti um carinho tão imenso e sinto também uma vontade de ficar pra sempre assim, abraçadinha contigo. Eu to percebendo que meu céu está ficando cada vez mais azul, e talvez você não tenha consciência mas tenho te usado para afastar as nuvens mais escuras de minha vida.

3 comentários:

piorqueuri disse...

Muito lindo.
Sempre acho interessante que ao ler poemas assim, nos pegamos a pensar nas coisas que já nos aconteceu durante nossas vidas...

layne disse...

o amor é filme... eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá quando a gente ama ♪


lindo!

Junior disse...

a felicidade soh eh completa quando podemos compartilhá-la! amei, ray!

=*

Minha lista de blogs