sábado, 22 de agosto de 2009

Falta;



Algumas ausências doem tanto e mais que outras insignificantes, como se tivesse lhe arrancado um pedaço importante que fizesse teu coração pulsar. Outras fazem falta desde sempre por nunca ter chegado.
Existem pessoas que tem que partir, partindo corações. Existe momentos em que por mais que a gente se esforce não encontra uma solução, agindo de forma precipitada, sentindo e causando falta.
E dói, brota em si uma dor latejante, e ela cresce loucamente, apertando teu coração, e tu permanece assim sem ar. Até que um dia, distraído, você percebe que ela morre, embora volte a latejar nos dias de inverno.

3 comentários:

Diego Janjão disse...

é, tem separações na vida que a gente sempre acha que não vai suportar, mas não há melhor remédio que o tempo....

mesmo sendo triste...

Junior disse...

verdade! com uma ressalva: distraído* =P

entao, voltou a escrever hein? q bom! fico muito feliz ^^

=*

ninaPam disse...

Não sabia que vc escrevia tão bem...
E agora, mais do que antes a admiro, sem nem conhecer bem... Apenas admiro...

Separações... Elas sempre acontecem... Elas fazem parte da vida, do nosso mundo, do nosso 'eu'.

Afinal, se não tivessem as separações, de quem sentiríamos falta?
Por quem teríamos tanto medo de perder?

Essa é a grande beleza da vida, 'quando a gnt perde'.
Por que é com ela que damos valor a tudo, por que é com ela que sentimos falta de tudo... E é ela que nos move a conhecer mais pessoas... Para algum dia, 'perdê-las novamente'.

rs

Minha lista de blogs