segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Dedicado a Maria Rosa da Silva (..)


Em cada estação sinto a falta que você me faz.
Se passou anos mais a saudade continua dentro de mim, e ela dói (..)
Dói mais ainda quando me sinto sozinha, quando não tenho ninguém pra me apoiar
Dói saber que não tenho mais você, e que não vou mais ter seu carinho, o teu afeto (..)
Sinto falta de acordar em um domingo e passar o dia com você
Sinto falta do teu jeito doce ao falar
Sinto falta das suas palavras
é falta de você (..)
Ouço uma composição que fala de saudade, e é de você que lembro, de você quem mais sinto .
Ah alguns anos atrás (..) outubro trouxe minha dor, levou você de mim com todo teu amor.
Eu queria tanto teu abraço, mais que qualquer outro dia, hoje eu queria você aqui.
(..) Resumindo a falta que você me faz ... é saudade que dói e não tem fim.

5 comentários:

Leonardo disse...

Belo texto!

Abraços!

Murillo Leal Humorista disse...

Bela homenagem!

http://murilloleal.blogspot.com/

Danilo Cruz disse...

Muito bom. Parabéns!

Evandro disse...

Me fez lembrar agora do meu trabalho, pedi minhas contas, e tem uma pessoal muito especial lah que verei raramente, ainda não sai, mas ja to pensando nisso, a falta que ela vai me fazer... saudade... saudade..

Danilo disse...

o que mais gosto dos seus textos é a inocênia, a pureza que você fala dos sentimentos. é muito lindo!

Beijos

Minha lista de blogs