domingo, 19 de dezembro de 2010

Não adianta.


Sei, sei da dor que você fingiu que nunca sentiu e sei das lágrimas que você escondeu com medo que eu não me importasse com os teus sentimentos. Sei também das noites que você passou em claro e das vezes que você deu pra maldizer meu nome. Eu sei disso e eu sei de muito mais do que você pensa, sei, porque teus olhos estão te denunciando e você mal consegue disfarçar a ponta de rancor que está apontada no seu coração cada vez que você enche a boca pra me dizer que está tudo superado e que se eu quiser já podemos até ser amigos.

3 comentários:

Camila Fontenele disse...

Passei por isso esses dias, então decidir amigos -ou não eu vou viver na minha, tem dado certo.

Um beijo

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Adorei essas palavras. Firmes, fortes e vencedoras!

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Eiee.. tem desafio pra vc no meu blog! Bjus!

Minha lista de blogs