sexta-feira, 16 de abril de 2010

fantástica, girl sweet!


O resultado nas mãos e todos já haviam previsto coisas muito assustadoras. Mas ela não ligou, jamais se importou, parece até que ela sempre soube, e deve ser por conta disso que sempre aproveitou bem mais que todos. Ela não ligava para o que todos os outros diziam, por isso corria dentro de sua mente e não impunha limites em sua vida. Fazia o que lhe dava prazer, as conseqüências até que a assustavam, mas ela nunca desistiu por medo delas. Ela sabia que seria assim, sempre soube, não tem medo de partir, por isso vive com mais intensidade e felicidade que todos.
Ah, doce garota enferma do céu azul, ninguém nesse mundo é bom o suficiente para ser o seu remédio, tu não precisa de cura; basta espalhar sua enfermidade fantástica pelo mundo.

2 comentários:

Thaís. disse...

Feliz de quem consegue ser como a garota enferma do teu texto. Viver e ser feliz, sem medo do que irão dizer.

elry disse...

que lindo, deu até vontade de adoecer assim...

Minha lista de blogs