quarta-feira, 27 de maio de 2009

Dona felicidade.


O meu querer e o meu amor por ti são enormes demais. Te amar é tão doce, eu posso até mesmo sentir o gosto pela sua língua, aquele gosto afável que sobra das palavras e sons que saem pela tua boca.
Eu tropecei na minha vida, e quando procurei uma mão pra me levantar encontrei muito mais que somente uma mão, encontrei o teu sorriso, o teu carinho, e acima de tudo o teu amor. Você me ouviu quando ninguém ouvia. Você me viu quando ninguém me olhava. A vida inteira eu venho procurando alguém para amar, enfim encontrei. As estrelas iluminam o universo quando suas mãos tocam nas minhas.

6 comentários:

Pati disse...

Que texto bonito, parabéns!

Críticas de cinema, www.cafedefita.blogspot.com ;*

Junior disse...

amei!
"Te amar é tão doce, eu posso até mesmo sentir o gosto pela sua língua, aquele gosto afável que sobra das palavras e sons que saem pela tua boca." essa foi minha parte preferida =P

=*
-Jr

Suellen Rosa disse...

Ah, que bom! *-*
Gosto de verdade quando outras pessoas comentam; dá pra saber se eu estou passando a idéia que queria, ao escrever.
Volte sempre, querida! :*

Junior disse...

ei, deixei um selo pra vc no meu blog, depois vai lah ver xD

30 e poucos anos. disse...

É muito bom quando encontramos conforto no colo alheio

Bernard disse...

Ótima palavras.
Sentimentos, por alguém que nós atrai.

Minha lista de blogs